Hoje… Ontem… Amanha…

Patronesse: Luiza Senis
Acadêmico: Alexandre Pagniozzi Gonçalves
(Poeta by@xandy) Cadeira: 25

Hoje… Ontem e amanhã…

Esse amor do além.
Queimando no peito.
Iluminando a escuridão.

Vozes que ecoam…
A cada batida do coração.
Pulsando de encontro ao seu.

Olhares radiantes…
Felicidade incondicional…
Como a amo…

Venha segure minha mão,
Conduza-me ao teu mundo.
Hoje… Ontem e amanhã.

Sou seu eternamente.
Vislumbrando em um sonho
Desse amor.

Poeta-by@xandy
Escritor: Alexandre Pagniozzi Gonçalves

Se vão os sonhos e desejos.

Se vão os sonhos e desejos.

Vejo o tempo passar!
Vejo todas as mudanças!
Vejo dias que se foram!

As lembranças já fogem…
A saudade fica para traz…
E sonhos que se perderam…

As marcas do tempo evidentes.
Arrastado ao longo dos anos.
Um passado já perdido.

Desejos, vontades que se perdem.
A ingratidão do tempo nos prende.
Envelhecendo um pouco a cada dia.

Não há muito que esperar.
A memória começar a falhar,
Se vão os sonhos e desejos.

Nessa hora…
Não há o que fazer…
Só esperar o tempo certo.

Poeta-by@xandy
Escritor: Alexandre Pagniozzi Gonçalves

As iniciais de nossos nomes.

As iniciais de nossos nomes.

Olhamos para janela! E…
Uma pequena camada de
Gelo formou-se no vidro.

Cristalizando em belos
Desenhos. Causando lindos
Efeitos com os raios solares.

Semelhantes às lágrimas,
Escorriam com delicadeza.
E se despendiam…

Neste momento desenhei um coração
Com as iniciais de nossos nomes.
E ficamos vendo sumir.

Até restarem as marcas que ficaram
Registradas do coração desenhado
Abraçamos e seguimos o dia.

Poeta-by@xandy
Escritor: Alexandre Pagniozzi Gonçalves

Mamãe

Mamãe.

Mãe…
Hoje venho agradecer.
Tudo que fez por mim.
Dos dias que já vivi.

Mãe…
Lembro quando me ensinastes, a ler
E escrever e com o caderno de caligrafia
Para entender o que eu escrevia.

Mãe…
Quantas foram as noites
Que passou do meu lado.
Cuidando de mim…

Mãe…
Quero te agradecer por tudo…
Nessa pessoa que me tornei
Hoje, graças a você.

Mãe…
Não tenho palavras que possam
Expressar o que sinto…
Devo tudo a você mãe

Eu te amo…
Mamãe.

Poeta-by@xandy
Escritor Alexandre Pagniozzi Gonçalves

Encontrei

Encontrei…

A sua beleza na simplicidade.
No vislumbre de sua sensualidade.
No Encanto do seu jeitinho.

No seu sorriso a de sua alegria.
Na sua voz a minha paz.
O motivo de viver.

Amei…

Sem perceber.
No primeiro dia.
A sua meiguice.

Assim como você é.
O seu jeito de ser.
Tudo em você.

Poeta: by@xandy
Escritor Alexandre Pagniozzi Gonçalves

Anseio a cada encontro.

Anseio a cada encontro.

Vou a todos os lugares…
Vou a pensamentos distantes…
E… Sempre irei voltar aos seus braços.

Meus pensamentos a segue nos lugares que vou…
Meus desejos são o dê estarem sempre com você…
E… Quando meus olhos fecham é você que está lá.

Longe ou perto…
Frio ou quente…
Meu coração lhe pertence.

Anseio a cada encontro.
Em seus braços sentir seu calor.
E beija-la esses lábios molhados.

Quero… Curtir… Beijar… Amar…
Olhar nos seus olhos e me declarar.
Bradar-te-ei… Eu te amo.

Poeta – by@xandy
Escritor: Alexandre Pagniozzi Gonçalves.

Enclausurados

Enclausurados

Queria sentir o vento…
Queria tocar nas flores…
Queria poder sair e caminhar.

Vejo o vento soprando…
Vejo as flores a balançarem…
Vejo os caminhos vazios.

De que adianta!
As portas e janelas abertas.
Se vivemos enclausurados.

O medo eminente…
De algo que não vemos…
Nem compreendemos.

Medo… Terror… Opressão.
Tempos difíceis, e não sabemos.
E, aprova estamos… O que fazer?

Se, é assim que me sinto!
Neste mundo absurdo.
No dia sem fim.

Poeta – by@xandy
Escritor: Alexandre Pagniozzi Gonçalves.